Oeiras inaugura ‘hostel’ social para pessoas sem abrigo

286

A Câmara de Oeiras inaugurou na rua Mouzinho de Albuquerque, em Oeiras, um ‘hostel’ social destinado a acolher temporariamente 18 pessoas em situação de sem abrigo e pessoas com problemas socioeconómicos.

Atento à problemática de pessoas em situação de sem-abrigo no concelho, ou cuja condição socioeconómica foi agudizada pela atual situação pandémica, a Câmara de Oeiras procedeu à obra de reabilitação do imóvel com o objetivo de criar uma unidade de acolhimento temporário, que permitirá acolher no total 18 pessoas.

O edifício, composto por dois pisos, dará duas respostas sociais distintas: o acolhimento de emergência de pessoas em situação de sem-abrigo para dar “uma resposta social mais adequada consoante as situações” e o acolhimento de pessoas ou famílias em situação de emergência.

A área destinada a pessoas sem-abrigo será gerida pela Santa Casa da Misericórdia de Oeiras e o espaço atribuído às famílias com problemas socioeconómicos ficará sob a responsabilidade da autarquia.

Este novo equipamento social, com um investimento de 300 mil euros, faz parte das soluções desenvolvidas “para melhorar a resposta às situações de emergência e de vulnerabilidade socioeconómica do tecido social do território”, explica a autarquia.