Município de Oeiras investe em apoio domiciliário

363
Apoio ao domicilio | Imagem: @ CMO - arquivo

O Município de Oeiras volta a aprovar a atribuição de comparticipações financeiras a entidades que, no concelho, prestam Serviço de Apoio Domiciliário (SAD), disponibilizando cerca de 492 mil euros, permitindo que as entidades parceiras garantam o alargamento do horário do funcionamento do SAD das 08h00 às 20h00, sete dias por semana, com claros benefícios para os seus utentes e cuidadores informais.

O SAD corresponde a uma resposta social que consiste na prestação de cuidados e serviços a pessoas que se encontrem no seu domicílio, em situação de dependência física e/ou psíquica e que não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e ou a realização das atividades instrumentais da vida diária, nem disponham de apoio familiar para o efeito.

Este apoio municipal extraordinário, prestado no âmbito da política local de apoio ao envelhecimento, “tem como objetivo garantir a prestação de uma resposta integrada, no contexto da permanência da pessoa idosa no seu domicílio, garantindo a salvaguarda das necessidades básicas dos utentes e um efetivo apoio aos cuidadores familiares”, refere a  autarquia em nota enviada ao NOTÍCIAS DE OEIRAS, explicando “tratar-se de um contributo para a sustentabilidade das entidades que asseguram já esta resposta de forma integrada, a possibilidade de mais entidades a poderem implementar junto dos seus utentes e a qualificação da resposta de SAD existente no território”.

As entidades parceiras abrangidas nestes dois anos são as seguintes: Centro Social e Paroquial de Barcarena, Centro Social e Paroquial de São Romão de Carnaxide, APOIO – Associação de Solidariedade Social, Oeiras São Julião- Centro de Solidariedade Social, Associação Médica Gerontologia Social, Centro Social Paroquial Nossa Senhora Porto Salvo, Santa Casa da Misericórdia de Oeiras e Centro Social Paroquial Nossa Senhora do Cabo.